Skip to main content

De herança ninguém malda

Realmente, de herança ninguém vai maldar

Lobal-Belo-Monte-580x418
O Michel Temer continua preso e o Moreira Franco também. Lula já está cumprindo pena. O Eduardo Cunha o Sergio Cabral, o Pezão, esses não saem da cadeia tão cedo.
 
A conversa rolava solta num bar de esquina, desses que se bebe em pé, com a cerveja servida em copo americano, ai, mal eu tinha chegado, quando um amigo me viu e me perguntou:
 
– e ai Zé Carlos, quando a Lava Jato vai chegar no Pará?
 
Essa pergunta está em todas as rodas de conversas por onde se fala de política, aqui no Pará. Mesmo nas regiões do Carajás e do Tapajós se fala nisso. Alguns torcendo para que seja já. Outros querendo que essa praga nunca chegue por aqui, mas o certo é que não se tem noticia da Lava Jato por estas bandas.
 
O clima da fofoca revela o que os bastidores sabem, quase que de certeza que por aqui existem muitos políticos corruptos e com mandato, charlando por ai, livre, leve e solto. Basta ver como
eles gastam nas campanhas, como esbanjam dinheiro, como aparecessem com empresas, do nada!
images-2
Uma pessoa como muito dinheiro na vida tem que ter origem.
 
Alguns poucos conseguem dinheiro a peso de muito trabalho, outros por talento especial ou sorte, alguns por herança; fora isso, o dinheiro não cai do céu, concordam?
 
Dai, quando vem a tona as fortunas sem explicações, o mexerico corre solto. É um tal de querer saber como aquela pessoa amealhou tanto dinheiro e tanto poder.
 
No caso do poder, também só tem duas origens lícitas, o talento especial ou a legitimidade extraída da popularidade obtida como muito esforço e reconhecimento pelo trabalho prestado. Esse negocio de aparecer do nada e se eleger ou se eleger muitas vezes sem ter trabalho é conversa fiada.
 
As outras formas de obter poder, considerada moralmente não licitas, é quando o malandro não tem nem uma das qualidade listada anteriormente e mesmo assim consegue votos aos montes. Das duas, uma: ou cabra comprou voto com dinheiro da corrupção ou de outros crimes, incluindo ai o tráfico de drogas.
 
Mas voltando a pergunta inicial. Quando é mesmo que a Lava Jato chegará aqui no Pará para responder as perguntas que rolam em bocas de matildes? Quando?
 
Sinceramente não sei responder, meu caro amigo, acredito que por sermos um estado do Norte, esquecido por esse meio de floresta, a imprensa nacional não quer perder tempo conosco e eles já tem bem pouco tempo para tantos casos de corrupção dos grandes estados, que vão nos deixando para o rabo da fila.
 
Vão acabar esquecendo de investigar por aqui e os nossos corruptos, partirão dessa para melhor, embarcando em um féretro digno da fortuna que amealharam, com direito a comoção social e busto em praça pública, deixando para os filhos a herança em patrimônios e em forma de comparar votos, herança arranjada ilicitamente, mas que depois que vira herança fica limpa, porque de herança ninguém vai maldar, não é mesmo?

zecarlos

Advogado, pós-graduado em Direito Ambiental, especialista em povo, principalmente o povo paraense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *