Skip to main content

O Cargo e o homem certo

O cargo é como uma roupa, cabe e fica elegante em certas pessoas, noutras a roupa entra folgada ou apertada. As roupas como os cargos estão de acordo com o momento. Uma roupa de praia não casa bem em uma baile de formatura. Algumas pessoas passam por esta vida sem nunca ter usado um terno ou um vestido de gala.

A pessoa vestida de roupa de gala tem que se comporta com toda a pompa que a vestimenta exige. Já uma pessoa em trajes esportivos tem a liberdade de cruzar as pernas ou sentar-se  descontraída, sem se preocupar com a postura.

Nem um traje, por mais informal que seja, aceita a vulgaridade.

Assim são os cargos e as funções na vida pública e privada. Investido no cargo, o ocupante deve se comportar conforme a liturgia do cargo. Um gerente de uma empresa não pode ter atitudes incompatíveis com sua função. O presidente da república muito menos.

O presidente da república carrega em si toda a representação de seu povo. Ele será sempre olhado como o melhor dos filhos daquela terra. Todas as suas ações e reações serão como se fosse a reação de todos os cidadãos do país. Ele é como pai que trata dos problemas internos com seus filhos dentro de casas, mas nunca desmerece os seus perante as outras famílias.

Acho que para um bom entendedor já basta dizer o que foi dito até aqui.

zecarlos

Advogado, pós-graduado em Direito Ambiental, especialista em povo, principalmente o povo paraense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *