Skip to main content

Amazônia em perigo

Este é o maior ataque à Amazônia desde o período militar. Vão cortar o grande Rio e rasgar a Floresta, novamente, para entrega-las as novas fronteiras de desenvolvimento, claro, sem sustentabilidade, pois é impossível conciliar os interesses da natureza, da vida, como ela é, com a vontade de um governo que tem por base o liberalismo econômico e o mercado como regulador de tudo.

O Governo Federal mais uma vez impõe ao Pará suas vontades, sem levar em conta as nossas vontades. Foi assim em tudo por tudo e as consequências socioambientais, que gera violência pobreza, miséria, desigualdade, vão se acumulando em índices alarmantes. Belo Monte fez de Altamira um dos municípios mais violentos do país.

Só lamento por não ter tido a competência eleitoral de convencer os cidadãos paraenses a me concederem o voto e um mandato em Brasilia para representar o Partido Verde, pois nessa hora eu seria uma voz da discordância, seria a voz das onças, das pacas, dos veados, das cobras, dos peixes, das árvores, dos cipós, dos homens e das mulheres desta terra.

https://www.oestadonet.com.br//noticia/14271/ministros-lancam-em-tirios-em-obidos-projetos-que-incluem-ponte-sobre-o-rio-amazonas-hidreletrica-e-extensao-da-br-163-ate-o-suriname/

zecarlos

Advogado, pós-graduado em Direito Ambiental, especialista em povo, principalmente o povo paraense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *