Skip to main content

Política é diferente de corrupção 

  

Ouço muitas pessoas indignadas com a classe política brasileira depois das revelações feitas pela operação Lava Jato e pelos delatores da Odebrecht. Não é pra menos. Estimasse que só o departamento de propina desta empresa desviou de obras públicas perto de US$ 4 bilhões. 
Vejo com tristeza que as pessoas estão dizendo que política é um lugar de gente suja, de bandidos, de mentirosos, de corruptos e por isso querem manter-se distante dela. Esta é a pior decisão que se pode tomar.
O que os senadores, presidentes, governadores, deputados, prefeitos, acusados de receber propina fizeram não é política. É corrupção, roubo, desvio, falcatrua, suborno. 
Atos ilícitos em proveito próprio ou de seus apaniguados. O dinheiro serviu para aprovar leis contra o povo. Para eleger outros corruptos. Para comprar mordomias que vai de vinhos caros, quadros e joias da H Stern. 
Para fazer fortunas e manter vida de rei para poucos. 
Política, na definição clássica, é arte de governar, de encontrar soluções ideias para os problemas comuns. A política trata daquilo que é público, deixando de lado o interesse privado. 
A melhor atitude, porém a mais difícil, que o cidadão comprometido com o seu país e com os destinos da pátria deve ter é ir para a política, filiar-se a uma partido sério, candidatar-se aos cargos públicos, para, através dela, exigir que os corruptos sejam punidos e o Brasil volte a privilegiar o cidadão, resolvendo os entraves do crescimento, da geração de emprego, do desenvolvimento com sustentabilidade e da seguridade social. 
Se não for assim, sabe o que acontecerá? 
Os corruptos se unirão, derrotarão as investigações, atrasarão os julgamentos até que suas penas prescrevam e elegerão seus filhos, parentes ou aliados. Assediando com dinheiro sujo os eleitores menos esclarecidos, para continuar a saga de sugar o suor do nosso povo. 
A escolha é sua.  

zecarlos

Advogado, pós-graduado em Direito Ambiental, especialista em povo, principalmente o povo paraense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *