Skip to main content

Presidente da OAB é acusado de receber R$ 1,5 mi em salário ilegal

Ação pede retorno de licença remunerada paga pelo Pará por 13 anos (deu no caderno Poder da Folha)

ELVIRA LOBATO
DO RIO
O presidente nacional da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Ophir Filgueiras Cavalcante Júnior, é acusado de receber licença remunerada indevida de R$ 20 mil mensais do Estado do Pará.
A ação civil pública foi proposta na semana passada por dois advogados paraenses em meio a uma crise entre a OAB nacional e a seccional do Pará, que está sob intervenção.
Um dos autores da ação, Eduardo Imbiriba de Castro, é conselheiro da seccional.
Segundo os acusadores, Ophir Cavalcante, que é paraense, está em licença remunerada do Estado há 13 anos -o que não seria permitido pela legislação estadual-, mas advoga para clientes privados e empresas estatais.
Eles querem que Cavalcante devolva ao Estado os benefícios acumulados, que somariam cerca de R$ 1,5 milhão.
Cavalcante é procurador do Estado do Pará. De acordo com os autores da ação, ele tirou a primeira licença remunerada em fevereiro de 1998 para ser vice-presidente da OAB-PA.
Em 2001, elegeu-se presidente da seccional, e a Procuradoria prorrogou o benefício por mais três anos. Reeleito em 2004, a licença remunerada foi renovada.
O fato se repetiu em 2007, quando Cavalcante se elegeu diretor do Conselho Federal da OAB, e outra vez em 2010, quando se tornou presidente nacional da entidade.
Segundo os autores da ação, a lei autoriza o benefício para mandatos em sindicatos, associações de classe, federações e confederações. Alegam que a OAB não é órgão de representação classista dos procuradores. Além disso, a lei só permitiria uma prorrogação do benefício.

INTERVENÇÃO
Em 23 de outubro, o Conselho Federal da OAB afastou o presidente e os quatro membros da diretoria da seccional do Pará após acusações sobre a venda irregular de terreno da OAB em Altamira.

59 comentários em “Presidente da OAB é acusado de receber R$ 1,5 mi em salário ilegal

  1. DEPOIS DA VERGONHA DESTA INTERVENÇÃO NA OAB/PA, AGORA ESTA BOMBA QUE O PRESIDENTE NACIONAL, OFHIR CAVALCANTE, RECEBE R$20 MIL DO ESTADO SEM TRABALHAR. AGORA É DEMAIS!

  2. O "bom menino" nacional que nos deixou nessa maior vergonha da intervenção não gosta do nosso Pará, mas gosta de receber do Estado sem trabalhar. Essa é boa!

  3. José, acho que se o Conselho Federal
    não tivesse encontrado nenhuma romanice e barbalhice no que apurou na OAB-Pa., não teria havido esta intervenção, que é bom que se diga para a vergonha nossa, foi a primeira em toda a historia do Conselho Federal. Por outro lado acho que voce como defensor desta Diretoria que sofreu intervenção deveria vir a publico e explicar qual o motivo destas romanices e barbalhices que o Conselho apurou e não bater em outras pessoas porque não foram elas a causadoras destas possiveis irregularidades. Como exemplo voce mesmo já bateu no Dr. Bussato que não tem nada a ver com esta situação visto que o mesmo esta cumprindo uma determinação superior e pelo que saiba este referido senhor nada tem que desabone a sua conduta e sim é um previlégio nosso que ele seja o atual Presidente da OAB-Pa.
    José voce já renunciou ao cargo que tinha na OAB e o que falta para voce parar de defender este pessoal que foi destituido de seus cargos e que cada vez tem menos apoiadores conforme se confirmou nesta ultima manifestação?

  4. Agora, o "ophirzinho" – coitadiho, tenta se justificar dizendo que essa ação é uma vingança do presidete eleito e afastado do OAB-PA, JArbas Vasconcelos.
    A grande verdade é que Ophir "armou" essa intervenção para impedir que Jarbas chegasse na caixa preta que foram as administrações dele e da dona Angela.
    Que vergonha!!!
    Esse telhado era de cristal. E agora, o que será do ophirzinho?????

  5. O ANÔNIMO, DO DIA 13, ÀS 13:13H, NÃO TEM ARGUMENTOS. A LICENÇA PARA EXERCÍCIO DE MANDATO, NOS MOLDES EM QUE FOI DEFERIDA AO OPHIR É EXCLUSIVA DE DIRIGENTES SINDICAIS, PESSOAS ELEITAS PARA DIRIGIREM SINDICATOS, FEDERAÇÕES E CONFEDERAÇÕES. MUITO BEM, PERGUNTA-SE: A OAB É SINDICATO? FEDERAÇÃO? CONFEDERAÇÃO? NÃO. NENHUMA DESSAS RESPOSTAS SE APLICAM A OAB. DE MAIS A MAIS, NO REGIME JURÍDICO ÚNICO SÓ HÁ A OBRIGAÇÃO DE LIBERAÇÃO DE UM DIRIGENTE SINDICAL. PELO QUE SEI, A AVELINA HESKETH TAMBÉM É PROCURADORA DO ESTADO. PERGUNTA-SE: ELA TAMBÉM FOI LIBERADA? SE ELA FOI LIBERADA, O SEU VIVE, OPHIR, NÃO PODERIA SER LIBERADO, PORQUE, COMO JÁ DISSE, A LEI É CLARA PARA LIBERAR UM DIRIGENTE APENAS. ISSO É ILEGAL E IMORAL. ADVOGADOS E SOCIEDADE NÃO PODEMOS NOS CALAR COM ESSA ILEGALIDADE E IMORALIDADE.

  6. Inédito: O Diário On line informa que o Dr. Ophir está voltando de Lisboa para responder a estas "injsutas acusações". É bom que os advogados, do Pará pelo menos, não sabiam que o Dr. Ophir estava viajando pela OAB para Lisboa, mas o Diário sabe, afinal é o jornal da OAB dos Interventores!

  7. E o que se diga de sua amiga Ângela Sales, também licenciada da Consultoria do Estado, sem trabalhar mas recebendo, cujo Chefe da Consultoria é o Dr. Ophir Pai? Este também não será o grande favor que ÂNGELA deve ao Ophir, afinal quem não quer receber sem trabalhar! E ainda viajar para São Paulo, para ver seus filhos, com a pasagem tirada para comparecer às reuniões do Conselho Federal! Espero que expliquem a moralidade que tanto defendem e nós advogados paraenses estamos esperando!

  8. Como no tempo das ditaduras: O Dr. Ophir Júnior investe para os de fora no discurso da moralidade, mas para os de dentro de sua casa investe na direitista ditadura da intervenção política contra seus opositores. Mas, esquece que seu telha é de vidro!

  9. Publica a notícia inteira, rapaz!
    Tenha vergonha na cara e não omita toda a informação!
    E libera os comentários favoráveis ao Ophir, pois todos os advogados já estão sabendo que estás recebendo mesada do Jarbas!
    Se omitires mais este comentário, estará provado que és comparsa dessa turma.

  10. Ze Carlos, a vingança de Jarbas começou. E ele promete mais. Será que ele nem tem vergonha do que fez? Já se vingou de Angela, dde Ophir e ainda tem mais gente pela frente. O que ele não percebe é que não tem nenhuma credibilidade na classe e na sociedade. Coitado, deve estar alucinado com o afastamento e só faz cavar mais a propria cova.

  11. Se eu fosse o Dr. Ophir chamava todos os Procuradores Gerais para responder junto com ele a ação, inclusive o Procurador do PT Ibhraim Rocha, que deu a ele licença para ser nosso grande Presdente Nacional. Dr. Ophir, não se intimide por corruptos raivosos que perderam seus cargos. Continue nos representando com firmeza e mantenha essa intervenção.

  12. O LINDÃO DAS 17:49h TÁ REPARANDO MUIIITO EM TI ZÉ, CUIDADO ROSE!
    REPAREM COMO AS VIÚVAS DO OPHIR NÃO TEM ARGUMENTOS. E NA AUSÊNCIA DESTES, SE VOLTAM A XINGAR A BELEZA DO ZÉ CARLOS. Ô LINDÃO, DEVE TER SIDO VC QUE ACONSELHOU O OPHIR A FAZER IMPLANTE, PQ ELE TAVA FICANDO FEIO CARECA NÉ MESMO. NÃO LIGA NÃO QUE APÓS ESSE ESCÂNDALO ELE NÃO VAI MAIS SER CANDIDATO A REELEIÇÃO COMO ELE QUERIA, AÍ ENTÃO VOCÊS PODERÃO ANDAR NOVAMENTE PELOS SALÕES DE BELEZA PARA FAZEREM LUZES, A UNHA DO PÉ E DA MÃO, UM FORTE ABRAÇO.

  13. Mas esse Eduardo Imbiriba não é um dos advogados dos mandantes do assassinato da irmã Dorothy? Elenão é um dos afastados por corrupção? Responde aí zé

  14. Quer dizer que Ophir afasta os corruptos e depois é que eles entram com ação? Ei Zé Carlos, o poVo não é burro como vcs. pensam. Ophir é sério e teve coragem de afastar todos vcs. da OAB. Ainda bem que vcs. estão FORA!

  15. Mas zé vcs. sãi ingenuos mesmo! O Jarbas e o Alberto estão quse perdendo a carteira de advogados e vcs. cutucam a onça com a vara curta? e ainda expoem o pobre ddo Ibraim Rocha, que concedeu as licenças? Égua, não é a toa que vcs. não ganham eleições na OAB! Eu até que votava em vcs., mas não dá mais.

  16. Os chiques advogados da elite descem do salto para fazer baixaria. Vamos debater juridicamente e sem ameaças de processos. Digam simplesmente o Dr. Ophir está licenciado dentro da lei e mostrem a cobertura legal da licença e tudo estará explicado.
    Agora, o que não dá é para atacar a minha honra, da minha esposa e até a minha beleza, isso não mudará a ilegalidade da licença do Grande Irmão Branco.
    Quanto aos comentários, tenho liberado todos, exceto os que contem palavrões e baixarias em geral, porque não é linguagem aceita juridicamente.

  17. Égua Zé, os advogados das elites abusaram mesmo, mas explica porque vcs. querem ferrar também com os Procuradores Gerais que concederam as licenças. Por que vcs. querem ferrar também com o Ibraim Rocha? Ele traiu o Jarbas por acaso, ou não deu apoio, é isso? Não sai pela tangente…

  18. Zé, porque tu não falas das barbalhices e romanices que voces fizeram na OAB segundo o Conselho Federal? Falas de tudo e não justificas o que voces fizeram.

  19. A Ação Popular questionando o salário recebido ilegalmente pelo presidente nacional da OAB merece respostas compatíveis com a gravidade do caso e não os impropérios e ataques desesperados de quem foi pego com a boca n botija.
    Neste atabalhoamento dos golpistas, vejam que eles admitem publicamente que foi o Dr. Ophir Júnior o autor da interevenção na OAB do Pará e agora tenta cassar a carteira de advogado do Drs. Jarbas e Alberto Vasconcelos, mas querem que os mesmo fiquem calados e aceitem tudo resignadamente até serem perdoados pela elite podre da advocacia paraense e pelo Grande Irmão Branco, aquele que promove jantares para conselheiros federais e esposas em troca de apoio a violência contra os advogados paraenses.

  20. égua, zé carlos, tás com raivinha por que? só porque vcs. foram varridos da OAB? Olha que eu nõa gosto desse Ophir, mas vocês é que foram flagrados com a boca na botija e nunca se explicam; por que vcs. não entraram com essa ação popular antes da intervenção? e por que vcs. colocam o amigo Ibraim Rocha na fogueira?

  21. Bom, vocês admitem que a licença é ilegal, resta saber quem foi o Procurador Geral que a concedeu e quais foram os motivos alegados para a concessão da licença, é isto?
    Os advogados eleitos para dirigirem a OAB Pará foram afastado ilegalmente, por um Conselho Federal que teve uma sindicância manipulada pela diretoria do OPHIR JR, numa sessão secreta.
    E por falar em sessão secreta, tenho uma boa para contar. Eu era deputado estadual e um dia, um Deputado da direita e governista, querendo trair o governo, chamou-me e propôs que eu solicitasse votação secreta para um determinado projeto. Falei que era totalmente contra o voto secreto. Ele então saiu com a seguinte pérola: Zé pede voto secreto que tu ganhas, pois na escuridão os homens mudam de personalidade. Continuo contra voto secreto, mas aprendi que os homens mudam mesmo quando estão protegidos pelo anonimato.

  22. Meu ze, é verdade que nem a Ana Julia apoia o Jarbas? Explica aí, porque tô achando que essa mulher é uma traidora ! O Jarbas é tão honesto e não merecia essa traição dela, que tb. é tão honesta quanto ele kkkkkkk

  23. Compra a Folha Zé, tá tudo lá! Só não queres publicar porque não te interessa. O Dr. Ophir vai responder na Justiça e vai chamar os Procuradores Gerais pra responder junto, se for inteligente. Dr. Ophir, não se curve aos corruptos do PT e do PV! Essa turma faz qq negócio pra se manter nos cargos.

  24. Zé Carlos, caiu por terra a tese de vcs. de que o Jáder Barbalho estava por trás da intervenção! Agora o Diário está se vingando de Ophir, como já tinha se vingado de Jarbas! O Barbalhão não poupa ninguém cara, e agora vcs. ficaram se a tese de vcs…

  25. É Muito curioso como o grupelho do Ophir não consegue responder a corrupção do Ophir e querem continuar enganando os advogados, tentando desviar o assunto para a venda desfeita do terreno de Altamira. E a falta de argumentos deste grupelho é tamanha que partem para baixaria e ofensas pessoais. Vamos manter o nível da discussão. Vamos investigar a imoralidade. Vamos ver o que a Procuradoria do Estado tem a dizer e a UFPA sobre o recebimento de remuneração sem trabalhar.

  26. Rapaz, mas voces não pouparam nem o Ibraim Rocha que é amigo de vcs??? Eu não gosto desse OPhir, mas se ele tirou a licença alguém concedeu… E esse algume vai ter que responder também.

  27. imagina se o jarbas não estivesse quase para perder a carteira de advogado!!! se com a cabeça na guilhotina ele parte para o ataque, imagina se já estivesse absolvido!!!! kakakakkaka

  28. E vcs. não vão processar também o advogado dos assassinos da irmã Dorothy? Antes, nos bons tempos da Mary Cohen, gente dessa espécie (Eduardo Imbiriba) não tinha vez dentro da OAB. Agora vira diretor sem voto, é varrido por corrupção e vcs. não fazem nada contra ele?

  29. Realmente, caiu por terra a tese do Jarbas de que o OPhir era ligado ao Jáder Barbalho. Outras teses cairão por terra também, a começar pela tese de que o terreno era do Robério. A arquiteta vai falar.

  30. É engraçado como a falta de argumentos leva a baixaria e ofensas pessoais. O grupelho do Ophir não consegue responder a imoralidade do Chefe mor. Ophir é uma ótima oportunidade de você explicar o que considera moral e legal, já que acha lícito receber dos cofres públicos sem trabalhar, usar o cartão corportativo para pagas contas de bar e viagens para o exterior, aliás ele está vindo de Lisboa, mais uma viagem com o dinheiro da OAB Federal. Os corruptos da ALEPA também não viam crime do que faziam. Será mera coincidência? Talvez isso explique porque nunca veio lançar o movimento nacional contra a corrupção aqui no Estado do Pará.
    E para de postar como ânonimos, dêem nomes aos bois ou vocês não têm coragem de mostrarem aos advogados quem são?

  31. Eu heim, por causa de 1/5 de R$1.500.000,00, de uma venda que não aconteceu deu essa intervenção na OAB-PA. E agora, R$ 1.500.000,00 (um milhão e meio), recebidos sem trabalhar vai resultar em quê??? Guilhotina!!! Será?!?!?!?

  32. Zé diga para o grupelho do Ophir, ao invés de lhe ofender, explicar porque chamam a Ângela de "mami", será se é porque ela pagava a conta de bar para todos? Aguardamos explicações.

  33. Égua achar o Ophir bonito é muito desespero e falta de argumentos para debate na rede social. Vá procurar outro argumento, porque o da beleza não cola. Ou será que o anônimo gosta tanto assim de implantes?

  34. Ophir é lindo sim. Só os invejosos não enxergam! Ou queres dizer que o lindo é o Jarbas? Ou o Alberto Campos, cruzes!!!!
    Ophir é lindo, charmoso, educado e probo, coisa que vcs. nem sabem o que é!!!! a inveja mata…

  35. Zé, eles não têm debate jurídico mas só ameaça. Você não sabe do ataque a suplente de Conselheira Ana Kelly para defender os Conselheiros Jorge Medeiros e Ismael. E o que dizer do Conselheiro Ismael que chamou palavrão em plenário e fez gestos obscenos a outro Conselheiro? Nós advogados queremos apenas que eles mostrem que não é imoral o Dr. Ophir está licenciado há mais de 12 anos, recebendo dos cofres públicos sem trabalhar. Não é preciso ofender ninguém, basta provar que tudo é moral e legal. Ou o que é moral para uns, para os que se consideram da "elite" da advocacia não é? Até nos conceitos jurídicos há diferença de classe?

  36. E a ameaça da Arquiteta? Não podemos esquecer que ela arquiteta é cunhada do Ophir, irmã da Marici e quem fez o apartamento do Ophir em Brasília. Talvez ela realmente tenha muito o que explicar!

  37. Espero que a "idéia" de intervenção preventiva para investigar seja colocada em prática também no Conselho Federal, já que pode afastar na Seccional do Pará por mera suspeita do que chamam de "fatos imorais", possa também resolver o angu do Presidente Nacional com a mesma mão de ferro. Não dá mais para aguentar a falsa moralidade do CFOAB. E como disse o Dr. Ophir "não podemos farrer para baixo do tapete as sujeiras da casa". Que diga o mesmo das suas.

  38. Rapaz, depois dessa vergonha da turma do Jarbas, tem mais esta agora? Tomara que nosso Presidente Nacional tenha razão em sua licença, pois todos os advogados estão aplaudindo essa intervenção e não querem que a lama continue na OAB! Vi as fotos hoje e ficquei chocado com a ideia de que Jarbas precisa de sindicalistas para fazer manifestações.

  39. Égua Zé Carlos!
    Vcs. acham mesmo que o povo é trouxa?
    Vcs são expulsos por corrupção da OAB para e me aparrecem com essa vingancinha de m…?
    Deve ser por isso que os advogados abandonaram vcs! Desprezam a inteligencia alheia e querem atacar quem varreu vcs. de lá? ME poupe irmão…

  40. Sugiro que se abram as contas do conselho federal, afinal ophirzinho era o tesoureiro e agora é presidente, imagina os custos do rei.Dizem que até reformou todo o apartamento do CFOAB para morar.Com o nosso suado dinheirinho, Ô cara ético!!!!

  41. “A política não é uma ciência exata, mas uma arte”. (Bismarck, Chanceler Alemão). Para o caso de Ophir Junior essa frase bem se aplica. Ele, para defender seu grupo político dentro da OAB/PA, que se sentia ameaçado pela gestão dura do Presidente afastado, que lutava contra a corrupção, nepotismo, inclusive cortando mordomias dentro da própria Instituição, aproveitou-se de um factóide político, que foi a venda de um terreno em Altamira, cuja venda tinha sido aprovada pelo Conselho Estadual, e depois desfeita por este mesmo Conselho, para passar a perseguir seu adversário político, inclusive com o ato inédito, ditatorial da intervenção preventiva na Seccional do Pará, para apurar fatos já apurados pela sindicância que antecedeu o julgamento secreto do Conselho Federal. TUDO PARA APAGAR A HISTÓRIA POLÍTICA E PROFISSIONAL DE SEU ADVERSÁRIO. Ele esquece contudo, a gestão da ex-Presidente Ângela Sales, sua alidada foi um desastre, deixando dívida de mais de 2 milhões para seu sucessor, e que ele próprio Ophir abrigou-se sob telhado de vidro,seja na Seccional do Pará, seja na OAB Federal. Dr. Ophir não se pode ser complacente com os ilícitos. É preciso descortinar o presente e o passado, e mais do que nunca engrossar a filheira da campanha anticorrupção, cortando sua própria carne, deixando de lado o papel de inocente útil. Foi a sua hipocresia e de seu grupo político que levou a luta política para o campo da ética. Mostre-a que a tem. Eu como advogada paraense DIGO NÃO À INTERVENÇÃO!

  42. Pedro Castilho
    – 14/11/2011 às 10:25

    A sessão secreta da OAB NACIONAL sobre a intervenção deixou muito claro que havia algo de errado na intervenção de uma seccional que estava lutando contra a corrupção, contra o nepotismo, pela cobrança do cumprimento da LOMAM – LEI DA MAGISTRATURA – para que os juizes residam nas comarcas do interior do Pará, denunciando as prisões conteiners no Pará, os crimes contra a criança no Pará (teve até irmão de governadora preso). É como se diz: “tudo que é bom dura pouco”, essa intervenção é ato autoritário que visa o enfraquecimento da OAB DO PARÁ contra a corrupção, tá na cara.-
    (blog da veja)

  43. O bonitão do ophir , esta arrasado, dizem que seu pai falou para ele não pedir licença remunerada, e ficar só com os contratos das estatais…se que dá não ouvir papai…guloso

  44. "Muita mutreta para encobrir a transação, ninguém segura esse rojão"

    Ophir = Jader, que é = a CORRUPÇÃO!

    Fora dezenove traidores – aliados dos corruptos e fichas sujas.
    Fora ditadores nazistas!
    Ainda está só começando, saiam antes que piore, fora interventores. Advogados em defesa do Pará!

  45. Nunca,jamais nesta terra irá acontecer alguma coisa contra o Ophirzinho.Ele pertence a elite e sempre esteve ao lado da elite e dos poderosos do Estado.Lembram do caso de uma desembargadora que foi aposentada compulsoriamente por ter metido a mão na grana depositada nas contas judiciais? Pois é,uma das pessoas prejudicadas era cliente dele,ele sabia que a douta juíza,na época,tinha roubado o cliente dele,mas para não brigar com a poderosa ficou calado.Só quando o promotor Wilton Nery colocou a boca no trombone é que ele saiu de trás da moita.Covarde.

  46. Jarbas ameaçou Ophir, ângela e vários conselheiros federais para não sair a intervenção. Eles não cederam às ameaças e aos pedidos políticos, mesmo sabendo das retaliações! Parabéns, ângela e ophir, continuem corajosos firmes e combatendo toda a corrupção dentro da OAB. Nós, funcionários, sabemos quem é quem nessa casa. e VAMOS CONTAR TUDO SOBRE O SUMIÇO DE DOCUMENTOS

  47. Se o salário era ilegal, por que o Ibraim Rocha e a Ana Julia concederam a licença? Eles também respondem a ação popular? Tá estranho isso… Por que vcs. estão queimando o Ibraim que parece ser um Procurador sério? É por que ele não apoiou as maracutaias com os advogados de Altamira?

  48. Bem, deixando as fuxicadas de lado, pois, para despachar a ação o Douto Juiz não vai ver nas entrelinhas quem é amigo, traidor ou inimigo, seja ser amigos no passado próximo ou inimigo no presente, isso não interessa na hora da canetada, a ação é inusitada, pois, obrigatoriamante, o Estado do Pará tem que vir a compor a lide, (espero que o Douto advogado não tenha esquecido de chamar o Estado do Pará para compor, pois, se assim não foi feito, o Douto Magistrado, perfeccionista e meticuloso,que é, vai mandar emendar a inicial),assim quem vai representar em Juízo o Estado, já que todos os Procuradores assinaram a Licença. Obrigatoriamente a ação é contra o Estado do Pará, Entidade de direito Público que os procuradores tem que defender.
    Por outro lado surge a COSANPA, também empresa pública, se não estou enganada, terá que vir compor a lide.
    O réu na ação, o probo Ophir, creio que, juridicamente falando está muito, mas muito mas enrolado que o Jarbas e a Rapunzel (personagem do filme Enrolado da Disney). Estando sem ter muito o que fazer, resolvi dar uma estudada no caso e não encontrei lei, doutrina e nem jurisprudência que tenha se baseado o probo Ophir e a Procuradoria para concessão da licença. Por fim, o probo Ophir faz da OAB um seguimento da Procuradoria, quando pede licença para presidir entidade classista, que não é de Procuradores e sim de advogados.
    A Ação é boa e justa e não tenham dúvida, ela vai seguir os procedimentos de toda ação civil.
    O probo Ophir, tem que devolver aos cofres públicos o que se locupletou ilegalmente.
    E, por falar em locupletação, os i. advogados que subscreveram a peça, já deveriam ter enviado a cópia protocolada, ao MP para que seja instaurado o procedimento penal competente por locupletação de dinheiro público.
    O probo Ophir, tem que exigir a conclusão, devidamente sentenciado, no prazo legal, da ação, a final a ação é contra quem mais esbraveja contra o atraso nos cumprimentos dos prazos judicias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *